STF determina bloqueio do Telegram em todo o Brasil

STF determina bloqueio do Telegram em todo o Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a suspensão do aplicativo de mensagens Telegram em todo Brasil. A ordem, emitida nesta quinta-feira (17), atende a um pedido da Polícia Federal e foi encaminhada a plataformas digitais e provedores de internet, que devem adotar os mecanismos para inviabilizar a utilização do aplicativo Telegram.

A decisão do ministro Alexandre de Moraes atende a um pedido da Polícia Federal e ocorre após o Telegram não atender a decisões judiciais para bloqueio de perfis apontados como disseminadores de informações falsas.

No pedido encaminhado ao Supremo, a PF diz que “o aplicativo Telegram é notoriamente conhecido por sua postura de não cooperar com autoridades judiciais e policiais de diversos países”.

De acordo com a TV Globo, a ordem para o bloqueio do aplicativo de mensagens ainda está em fase de cumprimento e as empresas estão sendo notificadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A PF alega ainda que aplicativo usa a “atitude não colaborativa” com autoridades “como uma vantagem em relação a outros aplicativos de comunicação, o que o torna um terreno livre para proliferação de diversos conteúdos, inclusive com repercussão na área criminal”. Moraes estabeleceu ainda multa diária de R$ 100 mil para as empresas que não cumprirem a determinação de bloqueio do aplicativo.

A decisão já é o assunto mais comentado do momento no Twitter com mais de meio milhão de publicações que vão desde notícias, comentários até memes de usuários da plataforma.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.