Fátima Bernardes comenta boatos e polêmicas em primeira aparição desde que deixou o comando do Encontro

Fátima Bernardes comenta boatos e polêmicas em primeira aparição desde que deixou o comando do Encontro

A jornalista e apresentadora Fátima Bernardes, 59, foi a entrevistada do programa Roda Viva desta segunda-feira (25). Essa foi a primeira aparição de Fátima desde que deixou o comando do Encontro no dia 1º de junho. Tudo com autorização da TV Globo. A comunicadora falou sobre sua carreira, polêmicas, como o divorcio com William Bonner e sobre os motivos que a fizeram deixar o comando do programa “Encontro” após 10 anos. Ela ainda comentou as críticas e até memes, relacionados a suas ausências na apresentação do matutino.

Para começar, Fátima desmentiu os boatos de que estaria deixando a emissora. A apresentadora reforçou que está animada com o The Voice Brasil e não tem planos de se aposentar.

“Não pensei em parar de trabalhar e nem penso. Talvez um dia chegue esse momento. Quando estreou o Encontro, se me dissessem que eu ia pedir para parar de fazer, eu ia falar: ‘loucos’. Mas nunca pensei em sair da TV Globo. Meu contrato não terminou ainda, e o próximo já está renovado. Tem três anos”.

Sobre o convite, a jornalista revelou que gostou da ideia de entrar para o entretenimento. “Na época, eu não pensei no The Voice, porque tinha o Tiago Leifert como apresentador, mas quando me falaram, eu pensei: vou com os dois pés para o entretenimento. Então gostei muito dessa possibilidade. Mas em nenhum momento chegou-se a conversar [sobre uma possível saída]. Eu fiquei surpresa com a notícia. […] Deixei em aberto. Diferente do encontro, eu não cheguei com um projeto. Eu até tinha uma ideia, mas achava que não era o momento ainda. Eu gostaria muito de testar outras coisas, inclusive programas com formatos prontos. Coisa que nunca fiz. Será que eu vou gostar? Será que o público vai gostar?”, contou.

Sobre a polêmica separação com Willian Bonner ela disse que por ser jornalista preferiu revelar logo para o público a informação. “Pra quem trabalha com jornalismo com entretenimento, não tem fofoca. Eu divido tudo com as pessoas. Não consigo esconder nada de ninguém, a gente é jornalista, sabe disso. Eu prefiro falar, é melhor. Na nossa separação, eu e William fizemos juntos uma declaração e ninguém nunca mais perguntou, falamos claramente e tudo bem. Ninguém nunca mais perguntou!”.

Questionada sobre seu posicionamento político,  Fátima se absteve, mas disse que diariamente já da sua opinião sobre o assunto.  “Eu já dou. Não preciso falar em quem vou votar para deputado, senador… Uma moça jovem me perguntou na fila uma vez: ‘Não tive tempo para ver em quem votar. Em quem você vai?’. Fiquei muito triste em ouvir aquilo. Obviamente eu não falei. De alguma maneira, até por questões de jornalista, não preciso declarar publicamente meu voto para terem uma certeza do que eu penso. Escolho políticos que tenham as bandeiras do Encontro, causas da mulher, do jovem e principalmente da diversidade”.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.