Limite de transferência no PIX, à noite, passa a valer nesta segunda (4)

Limite de transferência no PIX, à noite, passa a valer nesta segunda (4)

Passa a valer a partir dessa segunda-feira (4), o limite de transferência no valor do PIX no período da noite. Essa medida foi adotada pelo banco central visando garantir mais segurança nas transações. Outras medidas vão entrar em vigor no dia 16 de novembro.

O limite estabelecido para transferência é de r$ 1.000, no horário das 20h às 6h. A regra é para as transações entre pessoas físicas, incluindo os MEIS e para transferências entre contas do mesmo banco e cartões de débito (as TEDs).

Também será possível pedir a ampliação, porém, este tipo de alteração não será automática – também como medida de segurança para inibir, por exemplo, Sequestro-relâmpago– e o banco terá entre 24 e 48 horas para atender o pedido.

Outra medida de segurança é a possibilidade de cadastro de contatos que poderão receber PIX acima de r$ 1.000 a qualquer hora do dia.

Em nota, o BC afirma que as empresas não serão afetadas pela medida.

A limitação das transações de pessoas físicas havia sido anunciada em agosto pelo BC para reduzir os casos de sequestros e roubos noturnos, após pedidos das próprias instituições financeiras. Para especialistas, as medidas do Pix que entrarão em vigor a partir desta data não são o suficiente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *