Ministério Público de MG denuncia cantor Eduardo Costa por estelionato

Ministério Público de MG denuncia cantor Eduardo Costa por estelionato

O cantor sertanejo Eduardo Costa foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais por estelionato. Um documento enviado à Justiça pela 12ª Promotoria de Belo Horizonte, envolve o nome do cantor e sócio na empresa EC13 Produções LTDA, Gustavo Caetano. As informações são do portal R7.

Segundo o documento, o cantor teria feito um contato de compra e venda em 2015, adquirindo um imóvel no valor de R$ 9 milhões de reais, em Belo Horizonte. Como pagamento, ele e o socio ofereceram outro imóvel, que era objeto de uma ação de reintegração de posse desde 2012, e também era alvo de outra ação pública desde 2013.

O imóvel está no nome da empresa gerida por ele e pelo sócio, que teriam ocultado de duas vítimas as informações sobre as ações.

“As vítimas e os profissionais que auxiliaram diretamente nas negociações foram mantidos em erro, mediante artifício e ardil, pelos denunciados, que omitiram tais informações. Tanto que não há qualquer menção de tais ações no contrato celebrado, constando, ao contrário, que os bens ofertados estariam livres e desimpedidos de quaisquer ônus”, diz um dos trechos da denúncia.

A promotoria pede a condenação do cantor por supostos danos às vítimas.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *