Olinda proíbe festas de réveillon na orla e anuncia queima de fogos em alguns pontos da cidade

Olinda proíbe festas de réveillon na orla e anuncia queima de fogos em alguns pontos da cidade

Levando em conta o risco de disseminação da nova variante do coronavírus, a ômicron, nesta quinta-feira (16), a prefeitura de Olinda anunciou que irá proibir as festas de réveillon na orla da cidade, na passagem de 2021 para 2022.

O município divulgou uma série de regras para as festividades na cidade e informou que haverá queima de fogos descentralizada, com dois pontos na praia, um no Sítio Histórico e outro no Alto Nova Olinda.

A proibição é válida para o período entre as 17h do dia 31 de dezembro e as 6h de 1º de janeiro.

O decreto proíbe a instalação de camarotes e toldos, bem como a utilização de mesas, cadeiras, caixas térmicas e caixas de som, ao longo da faixa de areia, do calçadão e da Avenida Ministro Marcos Freire/Beira Mar, da orla de Olinda.

A proibição das festas de réveillon e carnaval foi recomendada pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste, que reúne os nove estados da região.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.