Pernambuco confirma primeira morte por Influenza A H3N2

Pernambuco confirma primeira morte por Influenza A H3N2

Por meio de uma coletiva de imprensa o secretário estadual de Saúde, André Longo, informou que Pernambuco já registra 43 casos da Influenza A H3N2, sendo 42 casos diagnosticados por exame laboratorial e um por critérios clínicos. Ainda segundo o governo, um homem de 46 anos residente no Recife, paciente renal crônico, morreu.

“O paciente que morreu era um paciente renal crônico de 46 anos. Já há circulação comunitária da Influenza em Pernambuco. As evidências laboratoriais coincidem com os relatos das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e as unidades básicas, que apontaram um aumento no número de pacientes com sintomas gripais, muitos deles com resultado negativo para Covid”, afirmou o secretário.

A Influenza A H3N2, tem provocado surtos de gripe em estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia.

Com a confirmação desses casos, segundo o estado, foi detectada transmissão comunitária da H3N2. Isso significa que não é mais possível rastrear de onde veio o contágio, como ocorre em casos importados ou de transmissão local.

“Os casos confirmados foram detectados recentemente, mas não significa que são casos recentes”, pontuou. “Acreditamos que o vírus já estava circulando há algum tempo, e essa circulação ficou mais intensa nessas últimas duas semanas”, emendou.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *