Wesley Safadão tem show suspenso pela Justiça do Amazonas

Wesley Safadão tem show suspenso pela Justiça do Amazonas

O cantor Wesley Safadão teve seu show suspenso pela justiça do Amazonas atendendo um pedido do Ministério Público do Estado (MP/AM). O show que aconteceria em Tabatinga, custaria R$ 700 mil aos cofres públicos. A apresentação estava prevista para ocorrer no VIII Festisol 2022, evento regional que vai do dia 25 a 28 de agosto.

A ação, proposta no final de junho, afirma que a população enfrenta uma situação precária em termos de infraestrutura e saúde. Com a decisão do juiz, o município deverá abster-se de efetuar qualquer pagamentos com recursos públicos para o artista, sob pena de multa no valor de R$ 500 mil.

Na decisão, o juiz afirma ter se baseado em casos anteriores para pedir a suspensão, se referindo a um show da dupla Bruno e Marrone, em Ucururituba, em junho deste ano. Ela acabou ocorrendo pois a prefeitura do município afirmou que empresários bancariam o show. O mesmo pode ocorrer no caso de Safadão, caso a prefeitura de Tabatinga encontre empresas dispostas a bancá-lo.

A ação cita que o município teria celebrado um convênio com o governo do estado para o pagamento do show, mas este não chegou a ser anexado pelo governo e tampouco foi apresentada justificativa para o valor de R$ 700 mil. Diz ainda que Safadão, cearense, não teria relação com a cultura local, e que o dinheiro deveria ser usado para outros investimentos na cidade.

O magistrado também autorizou o uso de força policial para a apreensão de bens caso o evento acabe sendo realizado de acordo com os planos atuais, isto é, com a verba pública

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.