Após participante de BBB22 ter vídeo íntimo vazado, polícia pede medida protetiva na Justiça

Após participante de BBB22 ter vídeo íntimo vazado, polícia pede medida protetiva na Justiça

A participante do Big Brother Brasil 22, Natália Deodato, teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais na terça-feira (18). O suspeito de ter publicado o conteúdo sem o seu consentimento é um homem de 39 anos.

Por conta disso, a polícia Civil de Minas Gerais informou nesta quarta-feira (19) que pediu na Justiça uma medida protetiva para Natália. Ainda segundo o órgão, um  procedimento investigatório foi instaurado para apuração dos fatos.

Ontem (18), a família da jovem de 22 anos, que é modelo e designer de unhas, procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte, para registrar um boletim de ocorrência.

Em nota, a polícia disse que o homem está sendo “investigado por injúria, mas os trabalhos policiais seguem em andamento para identificar eventuais crimes praticados no âmbito da violência doméstica”. 

Na noite dessa terça-feira (18), a mãe da jovem, Daniela Rocha, começou a receber o vídeo e montagens através do WhatsApp.

Em entrevista ao G1 de Minas, ela desabafou. “Um indivíduo fez um grupo, colocou o vídeo, montagens e começou a espalhar. Eu, como mãe, me senti indignada em saber que existem pessoas sujas que não gostam de ver o sucesso dos outros. É muito triste isso tudo, outras pessoas espalhando. É uma maldade coletiva”.

Segundo Daniela, após o registro do boletim de ocorrência, a família ainda pretende tomar outras medidas.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.