Secretário de Saúde afirma que será necessário adotar restrições para conter o avanço da Covid e gripe, no estado

Secretário de Saúde afirma que será necessário adotar restrições para conter o avanço da Covid e gripe, no estado

Diante alta nos casos de Covid-19 e influenza em Pernambuco, o secretário de Saúde do estado, André Longo, afirmou nesta sexta-feira (7) que vai ser necessário adotar restrições para conter o avanço das duas doenças.

“Toda vez que a gente tem uma sobrecarga aguda do sistema, como a gente está tendo agora, a gente tem que fazer um esforço. […] Vamos ter que fazer algum nível de restrição de atividades. Muito provavelmente estaremos anunciando [nos próximos dias], especialmente atividades sociais”, disse Longo.

A declaração foi dada no dia seguinte ao estado confirmar os primeiros 31 casos de pessoas com dupla infecção da Covid-19 e Influenza, apelidada de “flurona”.

Até o momento, já foram registrados 6.392 casos de Influenza A em Pernambuco, com 38 óbitos.

Apesar de não adiantar detalhes das possíveis novas restrições, o secretário afirmou que o protocolo para o setor de eventos está sendo revisto.

Atualmente, o estado permite festas para até 7,5 mil pessoas ou 80% da capacidade do local, o que for menor, além do controle vacinal de 100% do público.

 

 

Fonte: G1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *