Zé Felipe enfrenta processo por suposto plágio em “Toma Toma Vapo Vapo”

Zé Felipe enfrenta processo por suposto plágio em “Toma Toma Vapo Vapo”

O Zé Felipe está sendo processado por um suposto plágio da música “Toma Toma Vapo Vapo”. O cantor e compositor de nome José Carlos de Lima Pereira, conhecido como Carlinhos Mutuca afirma que a canção de Zé Felipe, sucesso nas plataformas digitais, seria um plágio da ideia que ele teve com a canção “Vip Vap”.

Pelas redes sociais, o compositor mostrou na íntegra a canção. No refrão, ele cita o termo “Vip Vap”, o que agora afirma ser uma possível cópia. “Essa música que tem o mesmo significado e o mesmo duplo sentido, é como se ele tivesse tirado isso da minha música. Cantei o ‘Vip Vap’ na Record e no Programa do Ratinho (SBT). Se for plágio eu quero receber meus direitos”, diz ele no Instagram.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de São Paulo, o caso foi registrado na Comarca de Bragança Paulista e o autor quer receber R$ 30 mil pelos danos causados caso se comprove uma cópia.

Procurada, a assessoria do sertanejo afirma que o cantor e a equipe já tomaram conhecimento da ação posposta por José Carlos. “Assim sendo, o departamento jurídico está elaborando defesa e comprovando que inexiste razão no mérito do pedido, como também que o Zé Felipe é apenas o intérprete da música (cantor)”, diz. O comunicado ainda diz que as demais questões deverão seguir entre o autor do processo e as gravadoras e produtoras envolvidas.

A música “Toma Toma Vapo Vapo” foi apenas um dos seis hits emplacados por Zé Felipe entre o top 50 das principais plataformas musicais em 2022. Ela já conta com quase 200 milhões de visualizações no YouTube.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.