Ministério público investiga show de Gusttavo Lima com cachê de R$800 mil

Ministério público investiga show de Gusttavo Lima com cachê de R$800 mil

O Ministério Público de Roraima (MPRR) começou uma investigação contra o show do Gusttavo Lima na cidade de São Luiz, Roraima. A cidade, que tem cerca de oito mil habitantes e o segundo menor Produto Interno Bruto (PIB) do estado, contratou o cantor Gusttavo Lima, por R$ 800 mil, para ser a atração principal da 24ª edição da vaquejada. Após a repercussão, o órgão, solicita informações do município sobre como os recursos foram arrecadados e se haverá retorno para os moradores.

Em nota, o prefeito da cidade, James Batista (Solidariedade), afirma que o evento irá trazer benefícios para a cidade.  “O evento trará receitas diretas para as contas do município que permitirão o pagamento de todas as despesas, incluindo os cachês dos artistas.”, disse.

“A falta de conhecimento do planejamento que temos e da realidade q São Luiz vive, faz com que muitos se precipitem em críticas pejorativas infundadas, mas estamos prontos para demonstrar que quando há planejamento, comprometimento e determinação o sucesso é mera consequência.”, completou.

Segundo o MPRR, a prefeitura recebeu um prazo de 10 dias para enviar resposta. Já o show deve acontecer no final do ano, em dezembro, e contará com a participação do Embaixador (Gusttavo Lima), da dupla Cesar Menotti & Fabiano e da cantora Solange Almeida.

O maior cachê do Brasil
Gusttavo Lima tem o maior cachê do Brasil, podendo chegar a mais de R$ 1 milhão. De acordo com o prefeito de São Luiz, James Batista, contratar o artista com o maior cachê do país foi uma estratégia proposital para “chocar” as pessoas.

“As pessoas vão se chocar. O estado vai estar assombrado, vai ficar assombrado com o que vai encontrar, com o que vai presenciar em São Luiz, o processo de transformação e da infraestrutura da cidade para receber as pessoas”, disse James ao G1.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.