Luva de Pedreiro terá que dar 30% dos novos contratos a ex-empresário

Luva de Pedreiro terá que dar 30% dos novos contratos a ex-empresário

Em mais um capítulo sobre a polêmica envolvendo Luva de Pedreiro e seu ex-empresário, mostra, agora, que a liminar que impediu que Globo e Record transmitissem partes da entrevista com o influenciador, também estabelece que Iran Santana Alves terá que depositar 30% do valor de cada novo contrato para Allan. As informações são da coluna LeoDias, do portal Metrópoles.

A intenção da decisão judicial, implica que os faturamentos devem ser transferidos até que sejam acumulados R$ 5,2 milhões, valor da rescisão contratual entre Luva e Allan.

Caso Iran não cumpra com a decisão, contas bancárias vinculadas a ele ou a sua nova empresa de agenciamento de carreira podem ser bloqueadas pela Justiça.

Após a informação vir à tona, Falcão, atual empresário, disse que isso não irá acontecer. Segundo o ex-jogador de futsal, Allan só terá direito à sua parte dos contratos de quando ainda gerenciava a carreira de Iran Santana Alves.

“Ele tem os direitos sobre os contratos fechados, até acho justo, direito dele, desde que o menino também receba o que é de direito dele. Mas, como eu falei, sobre o direito das operações feitas. Daqui pra frente, as operações já não serão mais dele, automaticamente ele passa a não ter direitos”, comentou Falcão.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.